Início  /  ÁGUIA-IMPERIAL  /  BIOLOGIA  /  DIETA
DIETA



O coelho-bravo é a principal presa da águia-imperial-ibérica, podendo representar entre 60 a 80% do total da sua alimentação. Por esse motivo, a sua presença é um requisito essencial para a águia-imperial, influenciando a sua densidade, distribuição e o seu sucesso reprodutor.

 

Fazem ainda parte da sua dieta espécies relevantes como a lebre e a perdiz-vermelha e de uma forma geral outras aves de média e pequena dimensão, especialmente pombos, corvídeos e cotovias. Pontualmente, consomem também outros mamíferos de médio e pequeno porte, incluindo carnívoros como raposas e sacarrabos, e ainda répteis como sardões e cobras.

 

Devido ao seu comportamento necrófago, os cadáveres são também uma importante fonte de alimento.


A águia-imperial, sendo um predador de topo, captura preferencialmente os indivíduos mais debilitados, o que favorece a manutenção de populações de presas mais saudáveis.
 

SAIBA MAIS SOBRE A ÁGUIA-IMPERIAL-IBÉRICA: